domingo, 12 de outubro de 2008

De volta para o passado!

Playmobil, tinha um igualzinho! Com arminha e cavalo!

Recebi um email da Sara esta semana, bem legal, onde mostrava coisas da infância nos anos 80 e 90. Foi bem a minha época de moleca. Dentre as coisas mostradas no slideshow, estavam os Playmobil, brinquedos maravilhosos que fizeram a minha alegria.
Quando eu nasci, herdei os playmobils de meus irmãos e primos, visto que fui a "raspa de tacho", nasci quando minha irmã tinha 16 anos e meus primos também nessa idade. Conforme eu ia crescendo, ganhava mais desses bonequinhos das caras iguais, mais moderninhos que os da época de meus irmãos.
Os herdados eram cowboy, policiais, bombeiros, pedreiros. Tinham até carros, casas, cavalos e armamentos. Os meus já eram mais femininos, tinha o tiozinho com o carrinho de sorvete, crianças, leões. Estes leões nunca eram leões nas minhas brincadeiras, sempre se transformavam em cachorros. Quem é que tem um leão de estimação? E meus playmobils nunca iam pra uma floresta né. Como eu sempre fui aficcionada por cães e nunca pude ter um meu (a Kiara chegou quando eu tinha 16 anos), qualquer bicho de 4 patas nas minhas brincadeiras virava cachorro. Tinha até um hipopótamo que fazia a vez de Basset Hound. Mas os leões eram especiais, eram pastores alemães, dobermanns, dogue alemães, cachorros grandes, bonitos, que eu sempre sonhei em ter.
Meus leões/cachorros
Todos os meus bonequinhos tinham nomes. Vou te dizer, eram mais de 70! Tinham os principais e os figurantes, que na sua maioria eram de cabelo marrom, calça cinza e camisa azul. Os principais tinham um "que" de diferente. Um usava boné, outro tinha a camiseta branca, tinham apenas 3 mulheres, de vestidos de cores diferentes, dois bebes (um amarelo e outro vermelho) e algumas crianças.
As vezes eles quebravam as pernas... não sei como acontecia, mas do nada algum deles ficava com as pernas moles e não conseguiam mais se manter em pé. Aí eles tinham cadeiras de roda! Simmm, playmobils tem até cadeira de roda!
Só sei que eu me divertia muito com esses bonequinhos. Passava o dia inventando historias para eles. Até hoje estão guardados, meus sobrinhos podem brincar, mas sem tirar eles daqui de casa. Fico sempre de olho pra ver se estão bem cuidados hehehe.

3 comentários:

Camila - EDC disse...

Meu irmão era Fã de Playmobil... Ele tinha TANTO ciúmes dos dele q eu não podia nem relar a mão...

Tem uma história "famosa na família", do dia que meu irmão brigou com o vizinho (melhor amigo dele) porque ele pegou um dos Playmobil dele sem avisar... hehehe

Mas os do meu irmão não eram tão chiques quanto esses...

Ana disse...

Nossa, Fe, eu ainda tambem tenho meus playmobils!!!!
Eu num dou eles de jeito nenhum e ninguem brinca com eles!Eu tenho quase todos do circo ( menos o circão, picadeiro, que era muito caro).Eu tenho a casa de praia, bastante dos médicos, uns dos meus irmãos tb, uns coelhinhos.Eu tambem brincava que os leões e tigres eram cachorros...hehehe.Mas eu tinha uns cachorros de fora, tenho um doberman (que um amigo me deu de outros brinquedos mas é do tamanho do playmobil) um teckel (que veio no playmobil comuns coelhinhos) e um poodle laranja, que uma amiga me deu tb.Eu tenho muitos bonequinhos tb, nem sei quantos.
Meu maior trauma de infância foi não ter ganho o estabulo de cavalos do playmobil!
Eu brincava mais de casinha tambem, eu ainda tenho duas casas de madeira, que minha mãe trouxe pra mim de SC.
Eu entro de vez em quando no site do playmobil internacional e tem cada um....eu fico babando!!!
Bjos

Sara Favinha disse...

Nossa eu nunca passei por essa fase playmobil... minhas duas fases foram de barbie (que eu cortada o cabelos delas compulsivamente e ficavam todas carecas) e depois a fase ursinhos de pelúcia... com mais de 50.. hoje tenho dois ou três e todas as barbies carecas foram doadas... hahaha