terça-feira, 11 de novembro de 2008

Coisas de veterinária

Tenho acompanhado um blog bem bacana http://diarioveterinaria.blogspot.com/ ultimamente. Uma veterinária, formada ha pouco tempo, uns 4 anos eu acho, escreve sobre sua rotina na clínica e como foi o trajeto dela da formatura até hoje.
Vejo neste blog muitas coisas que eu estou passando, como ter um consultório dentro de um pet shop que não é seu, ter dó de cobrar por todos os procedimentos e medicamentos que eu faço, etc. Deve fazer parte da profissão, sei lá hehehe. Mas já fiz um propósito de ano novo: ano que vem vou cobrar por qualquer coisa que eu faça, afinal meu diploma não foi barato e o tempo gasto em saber tudo que sei não foi fácil.
Amo ser veterinária! Amo ser chamada de Doutora Fernanda! Amo mais ainda quando um cliente me liga agradecendo por tudo o que fiz pelo filho peludo dele. Mas sou muito ansiosa, nervosa, estressada, por isso me abalo e me preocupo por qualquer coisa. Fico pensando a noite se tal cachorro que estava vomitando já está bem, se o dono vai me ligar no celular, se eu fiz a coisa certa... Disso eu não sou muito fã... por isso não sou 100% feliz trabalhando com clínica médica.
Já com comportamento e adestramento não tenho essas neuras. Vou lá, faço meu trabalho (em que o cão não corre o risco de morrer), volto pra casa e na próxima aula reencontro o cão e o proprietário mais educados e amigos. Adoro quando chego na casa de um cliente e ele fala: se este cachorro não mudar, vou ter que arrumar um outro lar pra ele! Claro que não adoro esse cliente mané que não soube educar/socializar seu cachorro e por isso acha que a solução é mandar ele embora. Adoro poder mostrar pra essa pessoa o jeito certo de lidar com esse cão, promover a melhor convivencia entre um cão e seu melhor amigo e, no final do meu trabalho, o mané falar: obrigado Fernanda (aí não sou doutora)!
Bom, se tudo der certo, ano que vem estarei com meu projeto de trabalho funcionando! Torçam por mim :D

2 comentários:

Camila - EDC disse...

Ai Fe... num sei pq eu te entendo COMPLETAMENTE.... rsrsrs

Fê Lesnau disse...

hahahaha pois é cá... essa nossa vida... hehehe